Publicado em Leitura: 5 min.

Vocabulário elétrico básico (Parte 1)

Nesse post apresentaremos alguns termos e nomes para entendermos alguns ocorrentes elétricos em nosso cotidiano.

No nosso cotidiano nós nos deparamos constantemente com problemas e situações novas que não conhecemos direito. Sendo assim, procuramos entender o que se consiste a ocasião para que se possa tomar uma atitude sobre isso. Logo, na parte elétrica não é diferente, existem vários termos que por não sabermos o significado exato da mesma pode acontecer de termos perdas materiais no processo. Assim, nesse post apresentaremos alguns termos e nomes elétricos do nosso dia a dia.

Curto-circuito

Fonte: Bucka

Talvez o mais famoso seja o curto-circuito, pois este é o risco elétrico mais recorrente que pode acometer nossos equipamentos, e consequentemente prejudicá-los. Mas, nos que ele se consiste?

Quando a diferença de potencial (tensão) entre dois pontos com pouca resistência elétrica é relativamente alta, há uma grande onda de corrente, que pode sobrecarregar o material condutor. Assim, com uma grande quantidade de carga passando, o condutor pode não suportar e entrar em fusão ou inutilizá-lo, queimando o dispositivo acometido.

Corrente alternada

A corrente que chega a qualquer estabelecimentos, seja ele de qualquer natureza se consiste em uma natureza alternada. Porém, como ela é?

A corrente alternada oscila seus sentidos e intensidades conforme um tempo e uma certa frequência (no Brasil em torno de 60Hz). Sendo assim, ela tem um pico máximo de intensidade para cada sentido que é a corrente de pico. A média de corrente em um certo período é chamada de corrente eficaz, e é calculada dividindo a corrente de pico por raiz de 2.

Transformador

 

O transformador é encontrado geralmente nas linhas de distribuição de energia perto de nossas casa, e tem uma função primordial para o abastecimento elétrico. Qual é essa função?

O transformador se consiste principalmente de três partes, a primária, o barramento e a secundária. Como a potência é praticamente preservada, a relação de corrente * tensão permanece, assim conforme a razão da quantidade de espiras entre o primário e o secundário, essa mesma razão será para as tensões e inversa na questão da corrente. Assim, como ele funciona através de efeitos magnéticos, o barramento conduz esse campo magnético do primário pro secundário permitindo que haja esse aumento/diminuição dos níveis de corrente/tensão. Importante: O transformador só funciona com corrente alternada, pois a a continua não gera campo magnético em espiras.

Fase

Fonte: Empoeirados

Você já deve ter ouvido falar que quando metade da energia da casa vai embora, “acabou uma fase”. Mas, o que é uma fase elétrica?

Uma fase elétrica se consiste em uma linha com um certo potencial elétrico, assim geralmente acompanhado de outra fase e de um terra para escoamento da corrente. Como estão defasados em questão de que parte estão do período de alternância potencial (ambas devem ter a mesma frequência para evitar problemas graves), há transmissão de corrente entre as fases alternadas. Assim, conforme se varia o número de fases, geralmente maior é o nível de tensão desejado. Assim as indústrias geralmente trabalham com máquinas trifásicas e as residências com rede bifásica, ou monofásica (220V ou 110V).

Referências Bibliográficas

Elétrica Residencial ligando tomadas. Disponível em: https://ensinandoeletrica.blogspot.com/2016/05/eletrica-residencial-ligando-tomadas.html . Acesso em: 05 mai, 2020.

 

 

 

Compartilha:

Guilherme Narciso Lee
Guilherme Narciso Lee Trainee Técnico em Eletrônica e Graduando em Engenharia Elétrica
narcisolee2002@gmail.com (92) 99214-7976 LinkedIn