Publicado em Leitura: 6 min.

Quais Laudos Técnicos Seu Estabelecimento Precisa Emitir Periodicamente?

Confira os documentos necessários para se manter em de acordo com as normas.

 

Quais os laudos técnicos seu estabelecimento precisa emitir periodicamente?

Costumamos nos preocupar muito com a segurança dos estabelecimentos que convivemos, desde nossa residência até nos locais onde trabalhamos.

As instalações elétricas são estruturadas conforme as normas da época da instalação, e questões como o tempo, utilização e condições ambientes causam os desgastes das mesmas. Por isso, as normas reguladoras exigem vistorias e laudos periodicamente para garantir que elas estejam atualizadas conforme a época e em bom estado de funcionamento.

É de grande dificuldade identificar possíveis problemas nas instalações elétricas visto que a maioria dos seus componentes não são visíveis. Para isto, são exigidos periodicamente laudos técnicos das instalações elétricas.

 

 O que são laudos técnicos?

Laudos técnicos são documentos (em forma de relatórios) realizados a partir de uma vistoria feita pelos profissionais da área. Todos os laudos são embasados e exigidos pelas Normas Reguladoras (NR e NBR) visando manter a segurança do estabelecimento e de todas as pessoas próximas.

Nestas vistorias devem ser realizados testes, registros fotográficos e anotações a fim de extrair o máximo de informações para a elaboração do relatório, também conhecido como memorial descritivo.

 

Nos relatórios contém os seguintes itens:

  • Apresentação do Laudo;
  • Visitas realizadas;
  • Análise crítica e técnica das instalações com base nas normas vigentes;
  • Registros fotográficos;
  • Resultado dos testes;
  • Recomendações para adequações (caso sejam necessárias);
  • Normas baseadas;

 

Ele é exigido por diversas instâncias, sendo elas: Corpo de Bombeiros, Ministério do Trabalho e do Emprego, Prefeituras Municipais e demais que visam a segurança e regularidade dos estabelecimentos.

Os laudos devem ser autuados com uma ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) de um Engenheiro Eletricista após a perícia e análises exigidas.

 

Quais laudos devem ser feitos?

 

1) Laudo de Instalações Elétricas:

É o documento que analisa as instalações elétricas do estabelecimento, após toda a vistoria e testes dos componentes e partes do sistema. As normas vigentes para a realização do laudo são: NR 10, NBR 5410, NBR 5419, NBR 14039, NBR 5413.

 

Nele, são feitas a seguintes avaliações:

  • Inspeção dos quadros de distribuição com câmera térmica – termografia;
  • Levantamento de carga e componentes de cada painel;
  • Inspeção das instalações elétricas e mapeamento dos circuitos elétricos;
  • Medição das grandezas elétricas em pontos aplicáveis.

Por norma, o laudo não é exigido com periodicidade. Porém, é recomendado realizá-lo a cada 12 meses visto que o estabelecimento está sujeito a ameaças invisíveis.

2) Laudo SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas):

 

Este laudo é o que verifica e atesta as condições do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas e todos seus componentes, com o objetivo de garantir a segurança das pessoas e do estabelecimento em questão. As normas vigentes para a realização deste laudo são: NR10 e NBR 5419.

 

Neste laudo são realizados os seguintes procedimentos:

  • Levantamento do tipo de para-raios utilizado;
  • Inspeção Visual da conformidade do SPDA, bem como levantamento das inconformidades;
  • Medição da resistência ohmica do aterramento;
  • Teste de continuidade elétrica das decidas;

 

Como explícito na norma NBR 5419, o laudo SPDA deve ser realizado a cada 1 ano em locais com corrosão atmosférica severa (cidades litorâneas, indústrias e estruturas de fornecedores de serviços considerados essenciais como água, energia,etc) e a cada 3 anos nas demais estruturas (em cidades não-litorâneas). A mudança de periodicidade decorre do intemperismo por conta da maresia;

 3) Laudo das Instalações Preventivas Contra Incêndio.

Também conhecido como Laudo PPCI (Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio) visa garantir a segurança e o primeiro combate contra os riscos de incêndio. As normas regulamentadoras que competem ao Engenheiro Eletricista são: NR 10, NR 23, NBR 5410, NBR 5419, NBR 10898, NBR 13437, NBR 9441.

No que compete ao Engenheiro Eletricista, no laudo PPCI são avaliados os seguintes itens:

  • Inspeção visual dos seguintes itens:
    • Sistema de Iluminação de Emergência;
    • Sistema de Sinalização de Emergência;
    • Sistema de Detectores de Incêndio;
    • Sistema de Alarme de Incêndio;
    • Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA).
  • Inspeção visual da disposição e localização dos itens;
  • Teste de funcionamento e análise dos testes dos itens;

O laudo do PPCI tem validade de 5 anos para estabelecimentos que não tenham aglomerado de pessoas (casas noturnas, bares, casa de shows, etc), para estes estabelecimentos o laudo deve ser feito a cada 3 anos. Porém, os testes de Iluminação de Emergência e Sinalização de Saída devem ser feitos a cada 6 meses.

4) Laudo Técnico do Transformador:

O laudo técnico de transformador visa garantir a segurança do estabelecimento. Nele, é verificado se o transformador suporta e tem capacidade para a potência instalada, bem como superaquecimento e arcos elétricos. As normas que regulamentam a situação do transformador são: NR 10, NBR 5410, NBR 5356.

Nele, é feita a seguinte avaliação:

  • Análise termográfica do transformador;
  • Levantamento in loco das especificações do transformador;
  • Levantamento das cargas/fator de potência atual;
  • Cálculo de demanda e eficiência atualizado;

É recomendado realizar manutenções e avaliações predetivas e preventivas a cada 6 meses no transformador. Isso acontece por conta de aquecimento e da instalações de novas potências no estabelecimento, gerando maior demanda e desgastes do equipamento.

 

E com quem realizo estes laudos?

 Todos os laudos descritos acima precisam ser feitos ou acompanhados por um Engenheiro Eletricista e por fim revisados e autuados com a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) do profissional responsável.

Como cliente você deve exigir do profissional todos os testes realizados e um relatório de como se encontra a situação atual do seu estabelecimento, visto que estes documentos estão diretamente relacionados com a segurança do ambiente em questão. Dessa forma, é estudar todas as propostas com base no resultado e não apenas pelo preço da mesma.

Gostaria de saber se os sistemas das instalações elétricas do seu edifício estão atualizados e nos conformes? Agende agora um diagnóstico gratuito com a nossa equipe, que por meio de vistorias identificamos todos os possíveis problemas e enviamos um relatório completo com os resultados.

Entre em contato com a C2E:

Telefone: (48) 3721-7509

Email: c2e.eel@gmail.com

 

 

 

 

Compartilha:

Daniel Paloschi
Daniel Paloschi
LinkedIn