Publicado em Leitura: 5 min.

Os tipos de instalações elétricas e suas características

Quais as maiores diferenças entre as instalações elétricas domésticas, comerciais e industriais e suas principais características e peculiaridades.

     Dentre os mais variados tipos de dependentes de energia elétrica, cada um deles possui características de demanda e consumo que os diferenciam um dos outros. Por exemplo, uma indústria de automóveis tem um sistema de instalação elétrico totalmente diferente de uma casa. Esse fato ocorre tanto pela quantidade de energia consumida em um certo período de tempo (geralmente em kWh), tanto pelas próprias características estruturais do sistema.

     Portanto, por ter estas diferenças, os três tipos  diferentes de sistemas têm cobranças, fiscalização e protocolos de seguranças específicos para cada um e que não podem ser utilizados em outros. Essas divergências que veremos neste artigo.

Breve história das redes elétricas no Brasil

     No fim do século XIX a distribuição de energia elétrica começava a ser sistematizada, com muito problemas e poucos recursos tecnológicos que promoviam instabilidade e insegurança a todos. Problemas de surtos, incêndios e enormes perdas materiais eram recorrentes nessa época.

     A corrente de distribuição era muito debatida pela comunidade científica da época se deveria ser entre a alternada e a contínua. Decisão essa que só acabou tendo o veredito na primeira por esta poder ter sua tensão elevada ou diminuída mais facilmente por meio dos transformadores. 

     Atualmente o sistema brasileiro de distribuição de energia elétrica é interligado e tem vários protocolos definidos, como por exemplo a frequência da rede em 60 Hz, que promovem maneiras de procedimentos similares e consequentemente custos muito menores para reparos ou instalações. Os três diferentes tipos de redes hoje, com suas respectivas especificidades são as domésticas, comerciais e industriais, cada uma com uma norma específica de sistematização e funcionamento.

1. Rede Doméstica

     As instalações elétricas domésticas são as que estamos mais acostumados, cuja tensão abaixada por um transformador na rede é de 110V ou 220V (tensão baixa), que são suficientes para alimentar as necessidades de uma habitação humana. Isso ocorre pois essas são as mais simples por ter um sistema relativamente básico, onde se isola da rede através de um isolador que se conecta ao disjuntor (aparelho termomagnético que promove segurança contra surtos  elétricos e superaquecimentos), que este conecta-se ao terra (descarga de corrente), as tomadas e os demais componentes elétricos como as lâmpadas.

Instalação Elétrica doméstica

 

               

     A conta também se resume a praticamente a energia consumida em kWh multiplicada pela taxa (influenciada pela bandeira) mais a tarifa de contribuição para iluminação pública (CIP), juntamente a distribuição, transmissão e impostos. O fator de potência (potência ativa/potência aparente)cujo mínimo permitido para esta é de 0,92 tanto para total capacitivo, como para total indutivo.

     Uma forma de eventualmente diminuir a conta de luz de modo ecologicamente sustentável vem sendo utilizado são os painéis fotovoltaicos (veja mais em: https://c2e.com.br/energia-fotovoltaica/), que são economicamente benéficos por suprir bastante o seu custo de instalação e manutenção em questão de alguns poucos meses.

2.  Rede Comercial

     As instalações elétricas comerciais tem uma grande abrangência maior de tensão, podendo ser de baixa ou média tensão (1kV a 35kV). Eles por trabalharem com produtos, recursos, serviços e pessoas necessita de requerimentos a mais para assegurar a proteção dos mesmos, como subsistemas de emergência que protegem o investimento do empresário e seguram o mesmo sobre eventuais acidentes. 

     A conta de luz apresenta similaridades com a doméstica. Fato esse que ocorre por causa das semelhanças dos equipamentos utilizados com os domésticos, que em geral não necessitam de uma alta demanda potencial. Entretanto, alguns outros fatores implicam em uma maior complexidade na hora do cálculo final. Entretanto, na maioria dos casos, uma análise tarifária pode substancialmente diminuir a conta final cortando gastos desnecessários, reduzindo os gastos do dono.

 

3. Rede Industrial 

     As instalações elétricas industriais são extremamente mais complexas e necessitam de cuidados extremos por partes dos engenheiros e técnicos. Fato este que se torna verídico pois pequenos problemas podem causar grandes acidentes, tanto em matéria como em vidas. Por trabalharem geralmente com altas tensões (dezenas ou até centenas de kV), o risco são acentuados e consequentemente sua contas também. Em decorrência do uso acentuado de transdução eletromecânica (transformar energia em movimento através de máquinas), utiliza-se muita resistência indutiva que aumenta substancialmente a potência reativa e diminui exponencialmente o fator de potência.

Contactor, componente elétrico industrial

 

 

     Os sistemas que promovem a segurança dos mesmo contam com muitos componentes únicos, caros e exigem um estudo aprofundado por parte dos engenheiros responsáveis e de suas equipes, exigindo muitas vezes meses de cálculos e análises de riscos. 

     A conta total também é bem mais complexa que os outros tipos de rede. Essas geralmente tem um valor total bem mais elevadas devido ao alto consumo de energia e pelas várias variáveis que constituem a mesma.

Referências Bibliográficas 

Como Fazer Uma Instalação Elétrica Residencial. Roberto Dicas Tecnológicas.  Disponível em: https://www.robertdicastecnologia.com.br/2014/04/como-fazer-uma-instalacao-eletrica-residencial/ . Acesso em 18 abr, 2020.

 

Distribuição de energia elétrica. Wikipédia, 27 nov, 2019. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Distribui%C3%A7%C3%A3o_de_energia_el%C3%A9trica Acesso em 18 abr, 2020.

 

Qual a diferença entre instalação elétrica residencial, comercial e industrial. Blog Nova Força Engenharia, 30 nov, 2018. Disponível em: http://nfeng.com.br/instalacoes-eletricas/qual-diferenca-entre-instalacao-eletrica-residencial-comercial-e-industrial/ . Acesso em 18 abr, 2020.

Compartilha:

Guilherme Narciso Lee
Guilherme Narciso Lee Trainee Técnico em Eletrônica e Graduando em Engenharia Elétrica
narcisolee2002@gmail.com (92) 99214-7976 LinkedIn